O Homem instintivamente sempre buscou diversas maneiras para proteger-se, e o uso do EPI surgiu quando os primatas utilizavam peles de animais para proteção. Com o passar do tempo, o EPI passou por várias transformações, conforme a necessidade do homem. Na idade média, os trages de ferro eram utilizados em guerras por elmos, que chegavam a pesar 50Kg exigia um bom preparo físico do cavaleiro.

A evolução do EPI ocorreu com o surgimento de mineradoras, metalúrgicas e fundição, nesse setor existia um ranking com aproximadamente 104 acidentes por hora, assim ocorreram prejuízos gigantescos para as indústrias que produziam em longa escala. Com o tempo, após estes grandes eventos, evidenciou os riscos aos trabalhadores, as empresas geraram maior conscientização do uso de itens para proteção durante o expediente de trabalho.

Em 1978 foram aprovadas diversas normas regulamentadoras de segurança no trabalho, as famosas NR. A partir disto, o uso do EPI foi regulamentado e tornou-se essencial para as diversas atividades e classes de trabalhadores. Dessa forma, esses avanços na regulamentação proporcionaram grandes benefícios e uma proteção aos trabalhadores até a atualidade.

Fonte: Administradores

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert