Quando o assunto é segurança, não podemos de maneira alguma considerar algum tópico como sendo desnecessário ou até mesmo menos importante. Por essa razão, escolher os equipamentos necessários e um bom fornecedor de EPI (Equipamentos de Proteção Individual), que garantirão que a empresa cumpra as necessidades, é fundamental. 

Tudo que diz respeito aos assuntos relacionados à integridade física dos funcionários e também de terceiros torna-se de extrema relevância, pois muitos acidentes considerados graves podem ser evitados diante do uso correto dos devidos EPIs.

No entanto, muitas pessoas, sejam gerentes sejam empresários, acabam ficando na dúvida sobre o que avaliar ao escolher um fornecedor de proteção individual. Por essa razão elaboramos este post, para que você fique por dentro de dicas fundamentais para fazer uma excelente escolha de fornecedor de EPI. Boa leitura!

Entenda o que é um EPI

Antes de abordarmos sobre como escolher um fornecedor de EPI de maneira eficiente, vamos recapitular brevemente o significado desse conceito. EPI, como dito, significa Equipamento de Proteção Individual, definido pela Norma Regulamentadora de número 6 (NR-06) elaborada pelo Ministério do Trabalho e do Emprego. 

Nesse Ministério, o EPI é definido como todo produto ou dispositivo de uso individual utilizado pelo funcionário, destinado à proteção contra prováveis riscos e ameaças à saúde, segurança e integridade física do colaborador. Ou seja, eles são responsáveis pela proteção do indivíduo, com o intuito também de minimizar riscos ambientais no trabalho, além de promover bem-estar, evitar doenças e acidentes ocupacionais. 

Entre os principais EPIs, destacamos:

  • óculos;
  • capacete;
  • protetor facial;
  • respirador;
  • protetor auricular;
  • proteção do tronco; 
  • calçados;
  • mangas;
  • cinturão;
  • macacão;
  • entre outros.

Saiba como escolher o fornecedor de EPI

A seguir, selecionamos as principais dicas para que você faça a escolha do fornecedor de EPI de maneira eficiente. Como afirmamos, essa é uma atividade de extrema importância e que exige cuidados especiais no momento da decisão. Confira!

1. Pesquise pelo custo-benefício

Antes de abordar sobre esta dica, é necessário destacar que nunca devemos considerar o EPI como um gasto a mais no orçamento da empresa, mas sim como um tipo de investimento que vai valer a pena para o negócio.

Evitar acidentes é uma atenção que todas as companhias devem ter. Por esse motivo, é necessário fazer uma média de orçamento dos preços dos EPIs, mas sempre levando em consideração o fornecedor que vai oferecer produtos de melhor qualidade e que sejam mais compromissados com os seus clientes. 

2. Pesquise por empresas tradicionais do mercado

Sempre quando vamos analisar algum fornecedor, é preciso saber qual é a sua reputação no mercado. Afinal, quando muitos clientes fazem suas compras de EPIs com determinada empresa é porque, com certeza, algo de positivo aquele negócio oferece, não é verdade? 

Sendo assim, procure por locais que já tenham um nome firmado no mercado de vendas de EPIs, não correndo, assim, o risco de comprar algum equipamento que não tenha a qualidade exigida. Avalie, então, aquelas empresas mais tradicionais e busque por feedbacks positivos de pessoas que já fecharam serviços com elas, além de entender feedbacks negativos. 

3. Procure saber sobre a qualidade dos equipamentos oferecidos

É necessário entender que os equipamentos provavelmente serão utilizados no dia a dia de trabalho da sua empresa. Dessa forma, se julgar necessário, peça para conhecer a qualidade do material antecipadamente. 

De nada adianta considerar os principais pontos para escolher o fornecedor de EPI se os materiais não apresentam uma boa durabilidade, tendo como consequência novas compras sendo efetuadas constantemente.

4. Conheça o estoque da empresa

Um ponto importante a ser observado é em relação ao estoque de materiais do fornecedor de EPI. Afinal, não seria nada legal precisar de mais equipamentos se o estabelecimento escolhido simplesmente não for capaz de produzir ou entregar dentro do prazo necessário. 

5. Avalie a área protegida

Em casos de materiais de estruturas metálicas, é necessário certificar-se de que você está contratando o perímetro protegido, como vãos e janelas, ou se está pagando também por pilares em casos de contratação de metro linear. 

6. Avalie o porte da empresa

Empresas de grande porte normalmente têm processos de fabricação, atendimento às normas técnicas, responsabilidade técnica, além de experiências em obras de todos os tamanhos e atendimento profissional.

Conheça os benefícios de escolher bons Equipamentos de Proteção Individual 

Quando dizemos que o Equipamento de Proteção Individual nunca deve ser visto como um custo a mais e sim como um investimento, é porque os benefícios que esses produtos oferecem são tantos, que até mesmo alguns gastos são evitados a partir desse investimento. Entre as principais vantagens, destacamos:

  • melhores condições de trabalho para os seus colaboradores;
  • funcionários se sentem importantes e protegidos, aumentando a sua produtividade;
  • trabalhos realizados com mais eficiência; 
  • redução significativa dos acidentes de trabalho. 

Entenda a legislação do uso de EPIs

Pela lei do uso de EPIs, qualquer tipo de empresa pode ser interditada se a Delegacia Estadual do Trabalho encontrar colaboradores em suas funções sem proteção em ambientes de risco. 

Caso o risco seja referente à medicina do trabalho, como contaminações e intoxicações, a empresa pode ser multada em 3 a 30 vezes o valor do salário-mínimo vigente. Para os riscos em segurança do trabalho, como quedas e amputações, a multa é de 5 a 50 salários. Em casos de reincidência ou flagrantes de tentativas de fraude, a multa aplicada atinge o valor máximo. 

Caso o funcionário seja a pessoa quem deixa de utilizar o EPI fornecido, mesmo após a constante instrução e capacitação da empresa, o empregador tem o direito de aplicar procedimentos disciplinares, como suspensão e advertência. Em último caso, demissão por justa causa. 

Ao ler este conteúdo, você pôde conhecer 6 dicas essenciais de como escolher o fornecedor de EPI de maneira eficiente. A partir dessas dicas, é possível fazer a compra de maneira certa para garantir a segurança dos colaboradores e contribuir para a produtividade de toda a equipe. 

Ficou interessado? Entre em contato conosco! A Contuflex EPI é uma loja de equipamentos de proteção individual que vende produtos para empresas e clientes finais. Não perca tempo!

Powered by Rock Convert