Tão importante quanto o recrutamento e a seleção, o treinamento de novos funcionários também é fundamental em uma organização. Por meio dele, a empresa capacita e qualifica os profissionais recém-chegados, possibilitando que eles desempenhem bem suas atribuições com confiança e segurança.

Sem contar que, ao fazer isso, a empresa permite que seus colaboradores sejam mais produtivos desde os primeiros dias de trabalho. Isso é possível, já que os treinamentos e capacitações evitam a perda de tempo com explicações e questões básicas.

Percebeu a importância do treinamento de novos funcionários? Então, continue lendo este texto e veja as dicas que preparamos!

1. Estabeleça metas claras

Deixe claro desde o início o que a empresa espera do novo funcionário. Por isso, estabeleça metas claras. É muito importante que, ao definir os objetivos esperados para a função — principalmente no curto prazo —, você acompanhe o desenvolvimento do novo colaborador. 

Além de acompanhá-lo, reconheça seus avanços — mesmo que sejam pequenos — e esteja disposto a ajudá-lo nas questões que possam surgir. Afinal, é bastante comum ter dúvidas e receios no início de uma nova função ou por estar em um novo ambiente.

Você pode fazer reuniões de acompanhamento nos primeiros meses com o objetivo de garantir o crescimento do novo funcionário. Fazendo isso, além de proporcionar autoconfiança para quem está chegando, você garante maior produtividade para a empresa no médio e longo prazo.

2. Crie uma política de boas-vindas

Os primeiros meses de trabalho são fundamentais para a empresa e para o recém-chegado. É importante que toda a equipe esteja envolvida na recepção do novo funcionário, de modo que possibilite a construção de relacionamentos sólidos e o acolhimento colaborativo.

Uma política de boas-vindas bem estruturada pode elevar a níveis de receptividade e motivar os contratados, fazendo com que apresentem atitudes positivas em relação à equipe e ao trabalho. Resumindo, o grande objetivo aqui é admitir bem quem está chegando. Assim, a pessoa se sentirá engajada e motivada.

3. Incentive feedbacks

Para que o treinamento atinja seus objetivos, é importante que existam feedbacks entre e a equipe e os novos colaboradores. Basicamente, treinar é um meio de os funcionários aprenderem a realizar as atribuições de forma certa. Para garantir que isso ocorra, o feedback é essencial. 

Equipe e novos colaboradores precisam se comunicar de modo que as dúvidas sejam esclarecidas. Outro benefício é a possibilidade de identificar as necessidades do funcionário, seja ele novato ou não, e planejar eficientemente quais os treinamentos necessários para desenvolver seu potencial. 

Por fim, lembre-se de que o feedback deve sempre ser construtivo. Dê sugestões, responda as perguntas e explique de forma clara o que o novo colaborador precisa para se alinhar à sua nova função.

4. Defina um plano de ação

Definir um plano de ação é fundamental no processo de treinamento de novos funcionários. Apesar de partir do setor de Recursos Humanos, ele engloba diversas áreas da empresa, sobretudo aquela em que o funcionário vai trabalhar. 

Um bom plano de ação que tem o intuito de integrar novos colaboradores deve conter, principalmente, o objetivo e o período da integração, e as pessoas envolvidas nela.

5. Ofereça treinamentos de qualidade

É comum que os primeiros meses de um novo colaborador na empresa sejam de adaptação. Os treinamentos funcionam como meios para alcançar o máximo de produtividade em menos tempo possível. 

No entanto, o treinamento deve ser de qualidade, de modo que fiquem claros quais os objetivos da empresa e o que ela espera do novo funcionário. Dentre outras coisas, é importante que seja apresentada a história e filosofia da empresa e uma apresentação do gestor sobre a função a ser desenvolvida.

Um bom treinamento permite que o novo colaborador desenvolva exatamente as competências desejadas pela organização. Algumas delas são: liderança, trabalho em equipe, criatividade, relacionamento interpessoal, dinamismo e iniciativa.

6. Oriente sobre o uso de equipamentos de segurança

Além de oferecer novos conhecimentos e desenvolver o potencial dos colaboradores, é papel dos gestores utilizar os treinamentos de integração para informá-los sobre as normas de segurança da empresa e o uso de equipamentos como:

  • calçados de proteção;
  • luvas;
  • máscaras
  • uniformes;
  • óculos de proteção;
  • placas de sinalização etc..

Desse modo, além de favorecer a integração, esses treinamentos funcionam como reforço da saúde e da segurança da organização. Por meio deles, é possível garantir a integridade física e psíquica da equipe, contribuindo para a prevenção de acidentes de trabalho e a identificação dos possíveis riscos que podem envolver a função. 

7. Use a tecnologia a favor da equipe

Hoje em dia, a tecnologia oferece inúmeros benefícios quando o assunto é treinamento de equipes. Sem contar que você ainda pode economizar recursos e empregá-los em outras áreas da empresa.

A tecnologia pode ajudar facilitando a apresentação de palestras, a criação de cursos — inclusive online —, o compartilhamento de conteúdos e artigos, dentre outras coisas. Além disso, ela pode ser útil para o dia a dia dos colaboradores. 

No entanto, é preciso atenção. Você deve se certificar de que os conteúdos e informações acessadas estão de acordo com a cultura da empresa e se adequam à realidade da equipe. 

8. Faça treinamentos periódicos

O treinamento de novos funcionários é importantíssimo. Agora, saiba que a capacitação deve ser contínua. A equipe precisa se manter atualizada, principalmente em um mercado que está sempre mudando. 

A frequência deve seguir a necessidade de atualização da equipe. O treinamento deve ser produtivo e levar aos colaboradores informações novas e atuais, de modo que possibilite resultados positivos. 

Isso quer dizer que não é bom promover atividades sempre iguais. É melhor um treinamento semestral com informações relevantes e atualizadas do que um semanal com conteúdo que não agrega valor. Aliás, esses encontros são oportunidades excelentes para motivar a equipe e estimular o relacionamento interpessoal. 

Como você pode perceber, a capacitação dos profissionais recém-chegados é uma prática essencial para a organização. Por meio de treinamentos de qualidade, com foco definido e envolvimento das áreas de interesse, o novo colaborador poderá digerir as instruções passadas e começar com o pé direto, produzindo mais e melhor.

Se você gostou deste post sobre treinamento de novos funcionários, siga nossas redes sociais para acompanhar nossas atualizações. Estamos no Facebook e no Instagram!

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert